Feliz Ano Novo

Desejo que o novo ano traga muito Amor,
Saúde, Paz, Prosperidade 
e muitos sonhos realizados.


I wish the new year bring much Love,
Health, Peace, Prosperity
and many dreams realized.

(imagem retirada da internet)

Bolachas deliciosas

Começa a última semana do ano de 2013 e já estamos ansiosos que comece o novo ano!!!
Como ainda estamos em modo de festa de natal, aqui ficam umas bolachinhas para irem mordiscando até ao Ano Novo.


Biscotti de laranja, avelãs, passas e marsala


Os biscotti são biscoitos crocantes italianos que podem ser consumidos até um mês após a sua confeção, pois mantêm-se em boas condições, pelo que dão muito jeito.
Molhe os biscotti en vin santo, limoncello, chá ou num bom café de máquina enquanto os come.

Tortilha de bacalhau


Gosto muito de bacalhau e de todas as receitas, sem exceção.
Aqui fica uma sugestão para algumas sobras do Natal e assim, optar por uma refeição mais simples.

Rabanadas de marsala


Adoro rabanadas, sem dúvida que é um dos meus doces preferidos e, como só como nesta altura do ano, tenho que fazer várias receitas e ir comendo nestas duas últimas semanas do ano.
Mas, com isto levanta-se um problema... tenho que ter calma a comer, porque senão o vestido do reveillon não vai servir... LOL

Fatias assustadas

Eu adoro estes fritos de Natal e uns dias antes, começo a fazer, para ir saboreando este espírito natalício (claro que tudo é desculpa para uns docinhos)!

Quando vi esta receita, achei imensa piada ao nome e como era super fácil de fazer, pus logo mãos à obra...


A vida tem destas surpresas...

Não me apetecia ir para casa, por isso resolvi ir ao El Corte Inglês ver as novidades!
E, andava eu a ver as malas, quando ouvi no altifalante que a D. Maria de Lourdes Modesto ia estar na livraria numa sessão de autógrafos.

Arroz à príncipe de Gales

Estava eu a folhear a minha bíblia da cozinha (O Livro do Pantagruel) como eu lhe chamo, quando vi esta receita que me deu vontade de experimentar.
Gostei imenso, pois o arroz fica bem cremoso e com um sabor fantástico. Podem aproveitar sobras de arroz para o fazer.


Aletria de ovos


Em minha casa é tradição em todas as festas haver arroz-doce mas aletria nem por isso. Há muitos anos atrás, quando não sabia o que era cozinhar, decidi experimentar aletria mas, como não sabia a diferença entre aletria e esparguete, resolvi fazer com isso mesmo - esparguete.

Risotto de café e cardamomo

A minha irmã e as minhas primas (que é como se fossem também irmãs) dizem que eu só gosto de fazer receitas esquisitas...
Pois bem, meninas aqui fica mais uma, que para vocês, de certeza que é esquisita.
Este risotto tem um sabor bem exótico mas, eu adorei e aconselho a quem gosta de café a experimentar. Por outro lado, as sementes de cardamomo dão um toque mais cítrico, quebrando um pouco o sabor forte do café. É uma combinação excelente.


Feijoada de salsichas

Gosto imenso de feijoada, seja esta do que for, é uma refeição que me reconforta bastante nestes dias de frio que se fazem sentir.
Quando vi esta receita no blog Cinco Quartos de Laranja, decidi que tinha que a experimentar, até porque é uma refeição bastante económica. Mas, no meu caso, adicionei mais uns condimentos, que a fizeram ter um sabor bem mais exótico.
Espero que gostem!!!



Mosaico de cerejas e avelãs


Frutos secos... claro, gosto muito e avelãs talvez seja o que gosto mais.
Quando era criança, a minha tia Maria sabia que eu gostava imenso de avelãs e no Natal oferecia-me sempre uma saqueta com avelãs. Eu comia, comia e comia... até não haver mais.
Quando vi este bolo (não sei de onde retirei a receita) fiquei logo com os olhos a brilhar e a desejar fazê-lo o mais rápido possível.

Pão de cerveja

"O pão e a cerveja são o alimento da vida"
 (Cornellius Schrevelius)

Vários cientistas acreditam que a civilização poderia simplesmente não existir se o Homem não tivesse inventado o pão e a cerveja. Foi a descoberta da fermentação que incentivou o homem a abandonar a vida nomada e a reunir-se com comunidades agrícolas.

Tanto o pão como a cerveja possuem as mesmas matérias primas básicas: grãos (cevada, trigo, arroz, aveia), água e fermento e apresentam o mesmo valor nutricional. Por isto, é que a cerveja já foi chamada de "pão líquido".


Quiche de courgettes

Gosto muito de quiches e são uma ótima opção para levar na marmita.
Há quem diga que quiche é sinónimo de lanche e não de almoço ou jantar mas, eu discordo e faço algumas vezes, para aproveitar algumas sobras, por exemplo.


Alheira com crosta de broa e salsa

.A alheira é um enchido típico da culinária portuguesa e a mais famosa é oriunda de Mirandela, na região de Trás-os-Montes, frequentemente considerada a de melhor qualidade e que integra as 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal.


Belcanto - Férias

Para finalizar as férias nada melhor que um remate destes, não acham?
Uma bela noite passada no Belcanto, com uma bela descoberta de sabores e sentidos e na melhor companhia possível - o meu marido.

O couvert do jantar é composto por três tipos de manteigas, sendo elas manteiga dos Açores, manteiga com sabor a noz e manteiga aromatizada acompanhadas com pão branco, pão de azeitonas, pão de sementes e broa de milho.

 Trilogia de manteiga, pão branco e pão de azeitonas

Pizzaria Lisboa

Eu gosto muito de comer uma boa pizza mas, o meu marido nem por isso e, só por ser a Pizzaria do Chef José Avillez é que o convenci a comer pizza.

Aqui ficam umas sugestões para conhecerem e visitarem a Pizzaria Lisboa!

Couvert

Strudle de bacalhau e couve com chouriço

9.ª edição "A escolha do ingrediente" e 7.ª edição "Dia um... na cozinha!"

Ora como vai sendo hábito, cá estou eu novamente a publicar uma receita conjunta para dois desafios.
Este mês o blog anfitrião vai ser o blog da Cátia - ai Caqui Caqui - com o ingrediente bem propício à época, o bacalhau.
Parabéns também pelo teu aniversário Cátia!
Para o "Dia um... na cozinha" o tema deste inverno foi "Strudel salgado", dando largas à nossa imaginação.

Papas de aveia

 É sexta-feira... yehhhhhhh...

Ao fim de semana gosto de ter um pequeno-almoço um pouco melhor e adoro comer papas de aveia.
As papas de aveia são muito nutritivas e muito saborosas, ideais para substituir os hidratos de carbono, como o pão, e ter uma sensação de saciedade durante muito mais tempo.
Além disso, quem gosta de um bom docinho polvilhado com canela, pode ter a mesma sensação com as papas de aveia... provem!


Pavê de folhados caramelizados



No dia 4 de novembro o cantinho da Isabel - "Emoção às colheradas" - celebrou o seu 1º aniversário e, por isso lançou um desafio que consiste na realização de uma sobremesa de colher.

Espero que gostes Isabel e muitos muitos parabéns, acompanhados de um grande beijinho!

Parceria Du Bois de la Roche

Mais uma parceria que foi concretizada entre o meu blog e a empresa Du Bois de la Roche.É sempre importante salientar a qualidade dos nossos produtos e dar a conhecê-los aos nossos leitores.
A Du Bois de la Roche é uma empresa de origem francesa empenhada em conservar a tradição e valores familiares. Com sede em Portugal desde 1980 é especializada no fabrico de biscoitos folhados.

A Du Bois de la Roche tem como principais valores a:
  • Qualidade
  • Confiança
  • Autenticidade
  • Modernidade
  • Ética

Quadrados de milho com coco

Quando o desejo aperta...

Um bolo de coco cai sempre bem e, como não posso fazer bolos de coco para levar para a casa dos meus pais, pois a maninha não gosta, tenho que aproveitar quando estou sozinha.
É um bolo ideal para o lanche e que fica um pouco húmido num dos lados e que me satisfez plenamente!


Bolo de Gengibre

13 anos...

Faz hoje 13 anos que eu comecei a namorar com o meu marido, lembro-me perfeitamente como se fosse hoje.
Tenho imensa pena de não podermos estar juntos para comemorar mais um ano (do resto das nossas vidas) juntos mas, no fim de semana vamos comemorar e muito bem...
Cada dia que passa te amo mais e o meu desejo é estar todos os dias ao pé de ti, para te dar muitos miminhos.

Este bolo é para celebrarmos o nosso amor... 


Soufflé de chocolate branco

Já todos sabem que adoro chocolate branco, é o meu preferido. Pois bem, podem calcular que quando vi esta receita, ficou logo na lista "a fazer"!!!
Uma sobremesa que fiz após o jantar, para servir como sobremesa desse mesmo jantar. É mesmo muito rápida de fazer e de cozer no forno.

Votos de um bom fim-de-semana docinho...


Pão de courgete e queijo

Como eu adoro pão...

Se há coisa que me deixas satisfeita é comer uma fatia de pão torrado com manteiga e, se puder variar na combinação de ingredientes, é perfeito!
Adoro experimentar pães diferentes e que me façam sentir algo diferente na sensação de o experimentar e, além disso, o cheiro que invade toda a casa...


1.º aniversário

1 ano passou... e eu nem dei conta...




No ano de 2012, a 20 de novembro, criei o meu blog com o seguinte texto:
"A tertúlia é na sua essência uma reunião de amigos, familiares ou simplesmente frequentadores de um local, que se reúnem de forma mais ou menos regular, para discutir vários temas e assuntos."

Hamburguers de bacalhau

Gosto muito de bacalhau mas, às vezes fico um pouco saturada de fazer sempre da mesma maneira!
Há muito tempo que tinha esta receita guardada (já não me lembro onde a vi) e decidi fazer, acompanhando com brócolos cozidos.


Bolachas finas

A minha mãe precisa de ter sempre bolachas em casa, para os miúdos e pediu-me para fazer esta receita, que vem num livro muito antigo que ela tem.
Ora, não querem saber... que ficaram tão boas, que num dia evaporaram-se e tive de voltar a fazer a receita em duplicado :)


Broas de chocolate

A vida tem destas coisas...

A cozinheira dos doces na família sempre foi a minha irmã mas, quando comecei com o blog, comecei a ser eu, pois andava toda entusiasmada!
Acontece que, ultimamente não tenho andado com grande euforia de fazer doces, ao contrário da minha irmã.
Pois bem, ela estava cheia de apetite e, por isso cá vai. Ou seja, nos próximos três dias, irei publicar as receitas de broinhas que ela fez.



Parceria Suldouro-Navires

Mais uma parceria que foi concretizada entre o meu blog e a empresa Navires.
É sempre importante salientar a qualidade dos nossos produtos e dar a conhecê-los aos nossos leitores.

A Navires nasce a 8 de setembro de 1971, quando 3 amigos que trabalhavam no ramo, se juntam e decidem tentar a sua sorte!
O principal sempre foram as especiarias mas, no arranque outros produtos como o café, cevada e pastilhas elásticas também ajudaram a fazer volume de trabalho e faturação.
Tudo era feito à mão e isso começou a ser um problema...
Nos anos 80, as soluções foram aparecendo e a Suldouro sofria as primeiras alterações, tentando acompanhar cada vez mais as solicitações do mercado, em que já despontavam as grandes superfícies.
Em 1995, com novas instalações, a empresa criou condições de iniciar o novo século em grande.
Esta é uma história resumida da evolução da empresa que, com a colaboração e esforço de todos os dias, fazem da Navires uma empresa reconhecida pela qualidade dos seus produtos e pela atenção que dispensa aos seus clientes, sem os quais nada disto teria acontecido.

No intuito de divulgar os produtos e caso queiram saber mais, visitem Navires.


Tarteletes de abóbora

Adoro todos os doces que levam abóbora e, como já tinha visto esta receita a olhar para mim... foi tiro e queda.
A receita base é com massa quebrada mas, eu decidi fazer o conjunto completo e vi a receita da massa noutro livro e juntei o útil ao agradável.
Espero que se deliciem e uma boa semana :)


Perdiz à Convento da Cartuxa com Arroz de Espargos Verdes

Um prato que o meu marido adora é perdiz mas, dificilmente se encontra à venda nos talhos.
Por sorte, numa ida ao talho verifico que começaram a ter perdiz e logo decidi comprar.
Desculpem-me a fotografia mas, tirar fotografias à pressa dá nisto.


Waffles

Teu sentido é como o áureo amanhecer!
Em pingos d'ouro, em colchas azuis;

Na placidez desses teus olhos nus

Uma fonte de desejos hei de ver!


Tu és o campo de trigais dourados

A fina messe, que me aconchega os braços!

O requinte dos castiçais amados

Por velas quentes em ternos laços!


És a cortina que se destila dourada
No azul celeste da poesia alada
Os teus sinais, eu trago em meu viver!

São as centelhas que colhi do céu
O teu amor, numa panóplia em mel
Fiz um dormente cobertor para te ter!

(Ledalge,2008)



Conquilhas à Bulhão Pato

Há muitos anos que não comia conquilhas mas, por sorte encontrei estas no El Corte Inglês e como o meu marido gosta muito, fiz-lhe esta surpresa.
Nunca tinha cozinhado conquilhas mas, não é uma coisa difícil e aproveitei para estrear a minha frigideira de ferro fundido, em que o sabor dos alimentos fica mais notável, porque conservam melhor o calor.


Crumble de marmelo com aveia e nozes

8.ª edição "A escolha do ingrediente" e 6.ª edição "Dia um... na cozinha"

Ora como vai sendo hábito cá estou novamente a publicar uma receita conjunta para dois desafios.
Este mês o blog anfitrião vai ser o da light Lena Santos - Sabores Leves - com o ingrediente da estação, o marmelo
Para o "Dia um... na cozinha" o tema deste outono foi "Crumbles com frutas da época" para nos deliciarmos com uma sobremesa reconfortante neste dias que se avizinham um pouco mais frios (ou não...).


Pão de frutos secos, aveia e amêndoas

Já vos disse que adoro pão caseiro... e o cheirinho que invade a casa!!!
Desta forma, podemos colocar os ingredientes que gostamos mais ou que nos apetecem naquele momento e, desta vez saiu um pãozinho bem mais docinho mas, muito nutritivo.


Bolinhos de coco e chocolate


Perguntaram à minha irmã se eu estava bem psicologicamente, uma vez que só publicava no Facebook comida... De certeza que estava muito gorda ou era o meu marido que estava...
Pois bem, cozinhar é um dos meus hobbies, uma forma de aprender e de ocupar o meu tempo livre e, cozinhando com regras e bom senso, aqui fica uma nota para essas pessoas - cozinhar não é sinónimo de engordar!!!
E, como presente para adocicar essas más "bocas", aqui fica mais um docinho!!! 

Empadinhas de batata e frango


Como estamos em tempo de crise, aqui fica mais uma sugestão de aproveitamentos.
Eu fiz com umas sobras de frango mas, pode fazer com aquilo que tiver em casa e/ou gostar mais.

Pain d'epi de sal marinho & azeite


Há uns anos comprei uma máquina de fazer pão mas, acho-a um pouco grande e como já não tenho muito espaço aqui em Lisboa, deixei-a em Leiria.
Mas, desde que comecei com o meu blog, que me tento a fazer pão (à minha maneira e manualmente) para os meus pequenos-almoços.

Bolonhesa de atum


A Luísa Alexandra em parceria com o atum Bom Petisco desafiou-nos a confecionar uma receita em que o ingrediente principal seja o atum.
Pois bem, se há ingrediente que eu adoro comer é atum, logo aceitei de imediato o desafio.